18/08/15 08:00

Com base na Bíblia, youtubers fazem vídeos e conquistam milhões de visualizações

Antes de tudo, o que é YOUTUBER? Youtuber é ser um criador de vídeos no site Youtube. Segundo o site significados.com, YouTube é um site de compartilhamento de vídeos enviados pelos usuários através da internet. A ideia é idêntica à da televisão, em que existem vários canais disponíveis. A diferença é que os canais são criados pelos próprios usuários, onde podem compartilhar vídeos sobre os mais variados temas.

Muitas vezes, eles estão ali, cheios de “graça” – em ambos os sentidos. Em outras, com seriedade, abordam assuntos polêmicos com base nas escrituras bíblicas. Diferenças de estilo à parte, o fato é que os cristãos estão cada vez mais bombando nas redes sociais. E, de quebra, jogando uma pá de cal na pecha “de que crente é tudo tapado”, como diz a vlogueira, jornalista e escritora Fabiana Bertotti, 32. “Podemos ter visões amplas e diversas”.

Como outros cristãos, a Fabiana tem milhares de inscritos em seu canal. “Falo em nome de uma pessoa cristã para outras pessoas cristãs sobre temas diversos (vaidade, tatuagens), alguns ainda tabus (como masturbação). Como não tenho a ‘capa’ de um líder religioso, não tenho a preocupação ‘ah, os membros da minha igreja não vão me aceitar’. Assuntos que são tabus para igrejas, para mim não são. Não vou sofrer punições por isto; posso me dar ao luxo de falar o que penso”.

O vlog de Fabiana nem sempre teve inclinação cristã: no início, ela postava conteúdo jornalístico. Ao alterar o roteiro, a surpresa: “no segundo post, tive 7 mil views no primeiro dia. Me senti pelada em praça pública. No terceiro, deu 30 mil na primeira semana. Quase enfartei”, brinca.

Hoje, o canal tem o objetivo de incentivar as pessoas a estudarem a Bíblia “por elas mesmas”. “Se puder despertar numa décima parte das pessoas que me veem o desejo de ler mais a Bíblia e terem um encontro com Cristo... vai ser a grande alegria da vida. Não quero que me sigam, mas que sigam a bíblia”, frisa.

Membro da Igreja Adventista do Sétimo Dia, Fabiana é baiana de Maetinga e mora, atualmente, em Londres. Ela é colunista, palestrante e autora de três livros, sendo que o mais recente está prestes a sair do forno sob o título de “Uma Nova Mulher em 30 Dias”.

Os livros “Confissões de uma Viciada em Internet” e “Submissa – Todos têm um dono?” você encontra em nosso site:

 

    

 Será que Deus é machista? Ouvir de submissão arrepia qualquer mulher moderna, mas uma mulher moderna de verdade, dá uma chance para o amor e é isto que a leitora encontrará no “Submissa”? Todos têm um Dono. Agora, se você gosta de compra on-line, tem redes sociais e vive de bate-papo no Whatsapp, você PRECISA ler o “Confissões de uma Viciada em Internet”. Uma conversa franca e bem humorada sobre nossa vida digital.


Um dos assuntos mais pedidos entre os usuários cristãos é explicações bíblicas sobre tatuagem. Fabiana Bertotti conta qual é a sua opinião sobre o tema:

 

SER CRENTE NÃO EXCLUI SER DESCOLADO E ATUALIZADO

Em 2011, o pastor Nelson Junior lançou a campanha “Eu Escolhi Esperar”, em Vila Velha (ES). O sucesso extrapolou os limites do estado e é, hoje, um dos maiores do Brasil no meio evangélico. Segundo Nelson, desde o início foi notável a adesão dos adeptos nas mídias sociais. Só no YouTube, são cerca de 300 mil inscritos e 8,5 milhões de acessos.

De forma bem humorada em boa parte das vezes, a campanha aborda, especialmente, dois pontos: sexualidade e vida sentimental. Uma das bandeiras defendidas é não fazer sexo antes do casamento. “A mídia distorce e a igreja sempre tratou o assunto como tabu. Estamos aqui para achar o meio termo entre os extremos. Mostrar que sexo é algo lindo, um presente de Deus, mas que, como tudo na vida, tem limites. Há hora certa para ser vivenciado, assim como para todas as coisas”, argumenta o pastor.

Apesar de ser do tempo em que a igreja usava retroprojetor para disponibilizar as letras das músicas ao público, como ele mesmo diz, Nelson se mostra antenado e, de maneira geral, aprova o conteúdo disponibilizado. “Não é por que é de crente que não pode ser atualizado, descolado e atrativo, certo?”, desafia.

Nelson Junior (Eu Escolhi Esperar) mostra como não escolher o parceiro errado:


 

COM BOM HUMOR, PASTOR BOMBA NA WEB

“Um pastor cheio de graça”. O nome do canal do pastor Cláudio Duarte não poderia ser mais adequado. Isso porque há quem chore de tanto rir com os vídeos que produz. O conteúdo, geralmente, é direcionado a casais, contudo, ele prega também mensagens em outras áreas, como liderança. Hoje, o número de inscritos supera 308 mil e os views chegam a mais de 17,9 milhões.


Um dos assuntos prediletos do pastor Cláudio Duarte é casamento. Veja só o que ele diz sobre o tema:


OS INICIANTES

O Youtube é uma plataforma que dá muitas oportunidades. Criar um canal é bem fácil, mas é preciso dedicação para manter um bom canal e fazer com que as suas visualizações cresçam. 

Paolo di Luca, estudante de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda, iniciou um canal no Youtube ao final do ano do ano passado, e assim como Fabiana Bertotti, também é membro da Igreja Adventista do Sétimo Dia. "Posto videos sobre pensamentos e reflexões bem bacanas a respeito da bíblia e as maravilhosas histórias que podemos encontrar nela. Esta é uma forma bem bacana que eu encontrei de pregar o evangelho para as pessoas", diz Paolo. Usando animações nos vídeos, ele explica alguns temas da bíblia, como a parábola do semeador:

 


Deus abre portas, cria oportunidades e situações para falarmos do seu amor e nós não podemos desperdiçá-las. Seja através de vídeos na internet, mensagens pelo celular, ou até mesmo com um recado no facebook, devemos sempre contar às pessoas o que Deus pode fazer em nossas vidas.

"IDE A TODO MUNDO E PREGAI O EVANGELHO A TODO CRIATURA" (MARCOS 16:15)


FONTE: ALMANAQUE | Hoje em Dia